Aqui estão as melhores ofertas de Bitcoin Black Friday para 2020

Deixe esses acessórios de criptografia chegarem às suas listas de compras pós-Ação de Graças.

Vamos tirar isso do caminho: o Dia de Ação de Graças é um feriado intermediário

Peru? Está bem. Sendo pressionado a agradecer? Certo. O legado cultural carregado da mitificação americana? Está tudo aqui! As raízes são boas, e o Dia de Ação de Graças é uma desculpa decente para consumi-las a granel, mas não são suficientes para resgatar o resto do que o dia tem a oferecer.

E depois há a Black Friday, que, para muitos, representa a luz no fim do túnel – uma espécie de recompensa por sobreviver ao Dia de Ação de Graças – embora venha com seu próprio conjunto de desafios. Mesmo sem uma pandemia, o risco de uma morte relacionada à Black Friday já é diferente de zero em muitos varejistas importantes; fazer compras online é uma boa opção se você deseja evitar ser atropelado ou, mais provavelmente, contratar o COVID-19.

O que você pode comprar com Bitcoin? (Atualização de 2020)

Entre os investidores de varejo, o Bitcoin (BTC) é frequentemente considerado um instrumento especulativo que pode estar pronto para crescer no futuro. Mas o Bitcoin foi originalmente projetado como um „elétron ponto a ponto.

Mas há boas notícias para os avessos a atropelar e para os não-americanos balançando a cabeça diante de toda essa exibição – o mundo da criptomoeda já está em ação, e a Black Friday é provavelmente um momento tão bom quanto qualquer outro para aproveitar promoções.

Esta não é uma postagem patrocinada, mas reunimos alguns desses negócios abaixo.

Serviços

O serviço de análise de gráfico TradingView está oferecendo 60% de desconto no seu primeiro mês de assinatura premium, que é o mais caro de seus três planos de assinatura pagos; a empresa também está anunciando 40% de desconto no Pro (a camada mais baixa) e 50% de desconto no Pro + (a camada intermediária).

Intercâmbios

Binance está realizando duas promoções , a primeira das quais envolve novos usuários: O registro de uma nova conta na maior bolsa de criptomoedas do mundo lhe dará a chance de comprar até $ 1.000 em Bitcoin pela metade. A empresa diz que está escolhendo 40 vencedores e o período de elegibilidade termina em 4 de dezembro.

Empresas americanas possuem $10B em Bitcoin – Prós e Contras da Craça Institucional

As empresas públicas nos Estados Unidos agora possuem 10 bilhões de dólares de Bitcoin, graças tanto ao aumento do investimento quanto ao aumento do preço do token em outubro. A figura mostra que as instituições estão consumindo a oferta fixa de Bitcoin – somente essas instituições públicas americanas controlam agora cerca de 5% do limite de mercado da Bitcoin.

Mas, há algumas preocupações em relação ao ritmo no qual as instituições estão acumulando Bitcoin. Primeiro, se a tendência se mantiver, um pequeno número de instituições acabará controlando uma grande parte da oferta de Bitcoin.

Como o número máximo possível de fichas Bitcoin está fixado em 21 milhões, isto pode causar um problema de abastecimento no futuro. Alguns analistas, incluindo o comerciante de opções pseudônimas Theta Seek, dizem que isso poderia colocar a Bitcoin em risco a longo prazo.

No curto a médio prazo, os positivos superam de longe os negativos. Mas na próxima década, mais ou menos, se a Bitcoin eventualmente evoluir para uma moeda global sobre uma reserva de valor, ela poderá então representar certos riscos de segurança. Em relação a um gráfico do BTC de propriedade de instituições, Theta Seek disse: „598K BTC que pode ser apreendido pelo governo dos EUA. Eu não gosto disto“.

Positivas de Empresas Públicas Investindo cada vez mais em Bitcoin

Michael Saylor, o CEO da MicroStrategy, anunciou publicamente em 14 de setembro que concluiu a compra de 16.796 BTC a um preço de compra agregado de $175 milhões, elevando sua participação total para 38.250 BTC.

A partir deste escrito, esse 38.250 BTC vale US$ 504,9 milhões, já que o preço da Bitcoin aumentou para US$ 13.200 desde a compra. Se a Bitcoin voltar ao seu máximo histórico de US$ 20.000, como muitos executivos da indústria prevêem, então a participação da MicroStrategy ultrapassaria US$ 700 milhões.

Empresas públicas alocando uma parte de seu capital ou de suas carteiras na Bitcoin é positivo por duas razões. Com o tempo, ela poderia convencer outras empresas públicas a seguir o exemplo, especialmente se o ímpeto do preço da Bitcoin for fortalecido. Ele também verifica a percepção da Bitcoin como uma reserva de valor estabelecida e um ativo potencialmente seguro.

Nas últimas semanas, a correlação entre a Bitcoin e as ações dos Estados Unidos diminuiu ainda mais. A Bitcoin tem sido historicamente correlacionada com o mercado de ações dos EUA 80% das vezes, encontrou o caritativo Kevin Svenson, Cryptowat.ch.

Durante todo o mês de outubro, enquanto as ações americanas tiveram um desempenho abaixo do esperado, a Bitcoin se recuperou em 22,8% no mês até agora, nas principais bolsas, incluindo a Coinbase. A falta de correlação entre a Bitcoin e outros ativos de risco reforça sua imagem como uma reserva de valor.

Como LongHash relatou anteriormente, o impacto da crescente demanda institucional pela Bitcoin tem sido notado também no mercado de câmbio. Plataformas, como Coinbase, LMAX Digital, Bakkt e CME têm visto um aumento contínuo de volume desde agosto. Conseqüentemente, o mercado de moedas criptográficas também tem visto uma dinâmica de mercado única onde a Bitcoin tem crescido apenas enquanto o resto do mercado caiu.

Problemas em potencial com empresas públicas que detêm muitas Bitcoin

Embora existam muito mais positivos a curto prazo do que negativos para a contínua loucura institucional pela Bitcoin, existem preocupações em potencial a longo prazo.

Atualmente, o número de Bitcoin que as empresas públicas possuem é equivalente a US$ 10,3 bilhões. Um total de 22 empresas possuem 786.059 BTC ao todo. Mas, à medida que o preço aumenta, o valor em dólar das participações das instituições no Bitcoin aumentaria.

O caso final para a Bitcoin varia entre as empresas de investimento e os executivos do setor. Os investidores bilionários da Bitcoin, os gêmeos Winklevoss, enfatizaram que esperam que a Bitcoin atinja a paridade com o ouro em termos de limite de mercado. Como o ouro é avaliado em $9 trilhões, isso colocaria o preço do Bitcoin em $500.000, se ele chegar lá.

„Se estivermos certos sobre o uso de uma estrutura de ouro para valorizar o Bitcoin, e o Bitcoin continuar neste caminho, então o cenário do caso do Bitcoin é que ele é subvalorizado por um múltiplo de 45. Dito de outra forma, o preço da Bitcoin poderia apreciar 45x de onde ela está hoje, o que significa que poderíamos ver um preço de 500.000 dólares americanos por Bitcoin“, escreveu Tyler Winklevoss, o CEO da Gemini.

A um preço de US$ 500.000, 786.059 BTC valeriam então US$ 393 bilhões, já que o valor das participações da Bitcoin por empresas públicas seria escalonado com o preço da Bitcoin.

O problema com isso é que com o passar dos anos e o valor da Bitcoin aumentar, isso cria uma escassez de oferta para o investidor médio. Isto faria com que o preço da Bitcoin aumentasse rapidamente, mas também poderia dificultar a compra da moeda criptográfica por parte do varejo e dos investidores regulares. Em um mercado que já é fortemente dominado por baleias, ou investidores individuais de alta rede, isto poderia tornar-se um problema se as instituições continuassem a acumular a Bitcoin.

Mas nas próximas décadas, se o Bitcoin for aceito como moeda e os bancos centrais o perceberem como uma ameaça contra as moedas fiat, então o risco potencial de apreensão poderá surgir.

Entretanto, o sentimento sobre as empresas públicas que compram a Bitcoin continua sendo extremamente positivo porque os executivos do setor não esperam que a Bitcoin seja usada como uma moeda transacional tão cedo.

Mike Novogratz, o bilionário CEO da Galaxy Digital, disse que não acredita que a Bitcoin será usada como moeda nos próximos cinco anos. Atualmente, o Bitcoin é usado como uma reserva de valor e como um hedge contra a inflação. Os investidores, como Paul Tudor Jones, descreveram o Bitcoin como o melhor jogo da inflação no futuro próximo, reconhecendo-o como um ativo seguro.

Como tal, a percepção do Bitcoin como um ativo seguro sobre uma moeda, e o desenvolvimento de moedas digitais apoiadas pelo banco central, dificilmente pressionarão o governo a tomar medidas regulamentares extraordinárias contra o Bitcoin.

„Para ser honesto, eu não acho que o Bitcoin será usado como uma moeda transacional em nenhum momento nos próximos cinco anos. A Bitcoin está sendo usada como uma reserva de valor. As pessoas estão preocupadas que os bancos centrais ao redor do mundo estejam debilitando as moedas de denominação. E mesmo quando mudarmos para um dólar digital, que está chegando, muitas moedas estáveis serão emitidas nos Estados Unidos“, disse Novogratz.

Há também o argumento de que os governos provavelmente não tomarão medidas fortes contra o Bitcoin porque isso dificultaria o desenvolvimento tecnológico das moedas digitais e da tecnologia da cadeia de bloqueio.

Em um ponto em que o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, está discutindo publicamente as perspectivas das moedas digitais apoiadas pelo banco central, é mais provável que os reguladores sejam cautelosos com a Bitcoin e com o fomento do desenvolvimento da cadeia de bloqueios.

Bitcoin chute à 14,8 000 dollars et les options

Enveloppe du marché : Bitcoin chute à 14,8 000 dollars et les options de l’ETH ouvrent un intérêt record

Bitcoin est en pleine effervescence sur les marchés boursiers mondiaux, tandis que les négociants en options sur l’éther suscitent un intérêt croissant, alors que le réseau Ethereum se dirige vers une mise à niveau ambitieuse.

  • Bitcoin (BTC) se négocie autour de 15 384 $ à 21:00 UTC (16 h 00 ET). Gain de 0,05% sur les 24 heures précédentes.
  • Fourchette de bitcoin sur 24 heures : 14 845 à 15 842 dollars
  • BTC au-dessus de sa moyenne mobile de 10 et 50 jours, un signal haussier pour les techniciens du marché.

Après que bitcoin ait rapporté plus de 200 dollars à la nouvelle que l’essai du vaccin de Pfizer a montré qu’il était efficace à 90% pour prévenir les infections à coronavirus, le prix a subi une baisse de près de 1000 dollars de Bitcoin Revolution en quelques heures lundi. Le prix de vente est passé de 15 842 dollars peu après l’annonce de Pfizer tôt le matin à 14 845 dollars vers 16h30 UTC (8h30 ET). Elle s’est redressée depuis, passant à 15 389 dollars au moment de la mise sous presse, selon les données du CoinDesk 20.

„Le retracement de Bitcoin à travers le niveau de 15.000 dollars est une continuation de la baisse progressive de ces derniers jours“, a déclaré Guy Hirsch, directeur général pour les Etats-Unis de la société de courtage multi-actifs eToro. „Bien qu’aujourd’hui, cela semble différent de la probable prise de bénéfices qui a eu lieu ce week-end.“

Le mois dernier, le bitcoin spot a été négocié sur Bitstamp

Cindy Leow, gestionnaire de portefeuille pour la société de commerce multistratégique de crypto 256 Capital Partners, a suivi le prix moyen pondéré en fonction du volume de bitcoin, ou VWAP, comme indicateur alors que les prix font une pause dans le rallye qui a amené la plus ancienne cryptocarte du monde à atteindre la semaine dernière des sommets en 2020. Le VWAP donne un prix moyen auquel un actif a été négocié tout au long de la journée, en fonction du volume et du prix.
Abonnez-vous à First Mover, notre bulletin d’information quotidien sur les marchés.
En vous inscrivant, vous recevrez des e-mails sur les produits CoinDesk et vous acceptez nos conditions générales et notre politique de confidentialité.

„À court terme, nous entrons dans des marchés de whipsaw qui suivent généralement des gains énormes“, a noté M. Leow. „Nous voyons un soutien immédiat au VWAP mensuel de la BTC de 14 700 $, à partir duquel la BTC a régulièrement rebondi, ce qui indique que les acheteurs gardent le contrôle.“

Un changement dans la dynamique du marché joue également un rôle dans la prévention d’une éventuelle baisse des prix. Cela est dû en grande partie à l’influence décroissante du marché des dérivés à effet de levier BitMEX, qui fait l’objet de poursuites judiciaires et à la colère des régulateurs américains.

3 reasons why traders expect the price of Ethereum to rise above USD 500 by 2020

Following Bitcoin’s upward movement, the Ethereum price rose to USD 447 and now traders anticipate an upward trend towards USD 500 and above.

On November 6, Ether’s price (ETH) rose to USD 447 at Binance when the price of Bitcoin (BTC) fell to USD 15,500 after losing strength by around USD 15,900. Based on Ether’s strong momentum, traders anticipate a broader rebound in the short term.

There are three possible reasons why Ether could see a big uptrend in the coming weeks. The catalysts are an optimistic technical structure with a high time frame, favourable metrics in the chain and the launch of ETH 2.0.

ETH is optimistic in the higher time frames
In September, a trader and pseudo-artist known as „Crypto Capo“ tweeted a weekly chart from Ether that describes two possible scenarios.

The bearish scenario showed a rejection of the USD 360 support level followed by a sharp drop. The bullish scenario showed a confirmation of USD 360 as a support level and a potential run as high as USD 800.

Digital meeting to discuss Ethereum 2.0 progress

ETH/USD weekly chart. Source: Crypto Capo, TradingView.com
Referring to the USD 360 support level, the trader said:

„If this level holds, we should see USD 815 in the coming months. Invalidation on the chart“.
Since making this prediction, over the past two months, Ether has successfully defended the USD 360 macro support area. He is currently testing the USD 450 resistance level, which remains a strong resistance area through 2020.

Ethereum fees fall as DeFi markets cool
When a major resistance level is broken, a breakout rally could occur quickly and that is why traders are speculating on the price of the Ether much more than in previous weeks.

Skew’s data also shows that the volume of 24 hour futures for Ether has increased substantially since the end of October. This shows that traders are pointing to USD 450 as an important level for ETH and are either defending it or trying to beat it.

ETH’s daily futures volume. Source: Skew
Fewer ETH address holders make a profit
According to IntoTheBlock data, 75% of Ethereum’s addresses are currently profitable. In comparison, 98% of Bitcoin addresses are state-owned.

In general, investors are more likely to sell when they have large unrealised gains than when their investments decline significantly. As such, a substantially lower number of profitable addresses for Ether compared to Bitcoin is a positive metric that supports the thesis that the upturn has room for continuation.

ETH 2.0 is another bullish factor
Currently, the launch of ETH 2.0 is scheduled for December 1st and some analysts speculate that this could cause a supply shortage.

Ethereum 2.0 begins the launch process as the deposit contract is activated
Under the ETH 2.0 participation system, users can stake 32 ETHs and, in return, receive a 15% incentive on their shares. The participation process means assigning ETH to the addresses in the ETH 2.0 contract. During the staking period, users cannot use or transfer their ETH unless they decide to stop staking.

If the popularity of staking grows, as it can generate a stable return with relatively low risk, it would cause the circulating supply of ETH to decrease dramatically, especially in exchanges.

Less ETH would be sold and more would accumulate as users move towards staking their shares. This could create greater demand for the higher alternative currency and result in Ether’s price remaining above the USD 450 level.